Felicidade é mito ou verdade?

Felicidade é mito ou verdade?

Passamos a vida toda em busca dela, mas não sabemos ao certo quando, onde e como encontrá-la. Há quem diga que se trata de uma emoção passageira. Outros a relacionam a conquistas materiais. Acredita-se que para obtê-la é preciso ter saúde, juventude, um bom casamento. Há ainda quem defenda que são necessários dias ensolarados numa praia.

o que todo mundo sabe é que a felicidade é contagiosa e a energia positiva que ela provoca, rapidamente se espalha. Mas, afinal, ela existe ou é uma invenção? Pesquisadores tentam descobrir uma fórmula para atingir o estado de espírito que traz a serenidade e o riso espontâneo, sem chegar a um consenso.

A psicóloga Darla Lopes ensina a não confundir a euforia momentânea ou o sorriso fácil no rosto com a felicidade. A postura de cada pessoa diante da vida é o que conta na visão da especialista. Gostar de si mesmo, investir na autoconfiança, são caminhos para se chegar até ela.

Terapia Cognitivo-Comportamental no tratamento de Transtornos Alimentares

Terapia Cognitivo-Comportamental no tratamento de Transtornos Alimentares

A terapia cognitivo-comportamental (TCC) tem sido amplamente utilizada no tratamento de transtornos alimentares. Ensaios clínicos apontam a eficácia deste tipo de terapia na remissão ou diminuição da freqüência de episódios de compulsão alimentar, bem como dos comportamentos purgativos e restritivos. Proporcionando também melhora do humor, do funcionamento social e diminuição da preocupação com peso e formato corporal.

Extensamente utilizadas no tratamento dos transtornos alimentares (TA), as técnicas cognitivas e comportamentais têm sido avaliadas e reconhecidas como estratégias eficazes na melhora dos quadros clínicos.

Os TA são multideterminados e resultam da interação entre fatores biológicos, culturais e experiências pessoais. A TCC visa identificar e modificar as características cognitivas, emocionais e comportamentais que favorecem o desenvolvimento e manutenção desses transtornos.

De forma geral a TCC objetiva proporcionar aos indivíduos com TA, melhora no quadro clínico através do aumento da auto-estima, autocontrole, autoconhecimento, de modificações dos hábitos alimentares, da redução da ansiedade associada à aparência e da modificação do sistema de crenças, além do desenvolvimento de estratégias para adesão a exercício físico e a redução gradual do peso.